fbpx

Autor: Nutri Gourmet

Ora-pro-nobis, você sabe o que esta plantinha pode fazer por você?

Uma plantinha que poucos conhecem, vinda da América do Norte, tem sua tradução do latim como “rogai por nós”.

O cultivo desta planta é muito fácil, no jardim, no vaso, em qualquer lugar ela cresce com um brilho incrível.

Rica em proteínas e vitaminas, tem sido uma fonte de alto valor nutricional e muito apreciada pelos veganos e vegetarianos.

Esta planta nos presenteia com flores e frutos.

CHÁ

Suas folhas, colocadas em água quente e deixadas em infusão por dez minutos, podem aliviar processos inflamatórios e circulatórios, sendo bem interessante seu uso para varizes, úlceras ou cistites.

VITAMINAS

Rica em vitamina C e A, pode fortalecer o sistema imunológico e também é ótima para os olhos e doenças de pele. É só colocar uma folhinha no seu suco matinal.

SAIS MINERAIS

Por ser muito rica em ferro e ácido fólico, é excelente para prevenir a anemia. 

PROTEÍNA

Cerca de 25% da planta é composta por proteína. Um omelete de ora-pro-nobis pode garantir a sua proteína diária, vale muito a pena.

CULINÁRIA

Você pode plantar a ora-pro-nobis na sua janela, ela fica tipo uma trepadeira, vai colhendo suas folhas e pode usar em saladas, refogados, sopas e em qualquer prato pois ela não tem sabor picante ou amargo. 

Vamos lá, abra sua mente e comece a colocar mais saúde em sua vida!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Intoxicações Alimentares, livre-se deste fantasma de verão!

Nos períodos quentes do ano é muito comum as pessoas apresentarem sintomas de intoxicações por alimentos ingeridos.

Um dos motivos pode ser que as pessoas saem mais de casa, em férias, comem petiscos, ou, quem diria, intoxicam-se até com bebidas como a cerveja…

Seja qual for a causa, todo o cuidado é pouco.

Escolher bem os locais em que vai fazer uma refeição ou lanche é o primeiro passo. Ao chegar em um restaurante, observe a higiene do ambiente, do banheiro, dos atendentes e, principalmente verifique se o local tem boas práticas e responsável técnico. Se o restaurante permite a visão da cozinha já é um bom começo, aí você pode ver as condições em que está sendo preparada a sua refeição. O maior perigo está nas saladas, são higienizadas corretamente? São manipuladas separadamente de outros alimentos para evitar contaminação cruzada? Se você não tem certeza, não consuma saladas neste local.

Entre comprar um petisco na beira da praia ou levar o seu lanche de casa, fique sempre com a segunda opção, isto vai lhe poupar dor de cabeça, ou dor de barriga…

Bebidas? Sim, também são um problema. Se o local armazena de forma adequada ou se permite a circulação de pragas, podendo levar a leptospirose… Se o local higieniza o limão ou a laranja que vai colocar na sua bebida, se não fizerem isto adequadamente, peça sem, assim você evita intoxicações como coliformes. Às vezes, o próprio gelo é feito no local, nem sempre com água de boa qualidade e ele mesmo pode contaminar a sua bebida. Então, se não tiver certeza, é sempre bom pedir a sua bebida sem gelo e limão para garantir.

Buffets também são um grande problema. As saladas devem estar refrigeradas e os pratos quentes bem quentes, em lugares de pouca circulação, os alimentos podem ficar muito tempo em temperatura inadequada, podendo gerar desenvolvimento de bactérias. Já no restaurante a la carte o prato está sendo feito na horinha só para você, geralmente o risco é menor…

Churrasquinhos na beira da praia? Abra seu olho, leve as carnes refrigeradas, mantenha todos os alimentos refrigerados, não misture carnes com saladas e evite de reaproveitar ou reaquecer estes alimentos se eventualmente sobrarem…

Muitos são os riscos presentes nos alimentos, estes, que podem nos trazer tanto prazer e saúde, podem também estragar o seu veraneio.

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Uma alimentação saudável começa na infância?

O alimento é o combustível do nosso corpo. Durante a infância, a alimentação tem também o papel de promover o crescimento e o desenvolvimento da criança. A formação de adultos saudáveis deve começar ainda na infância, incentivando a criança a se cuidar desde cedo. A importância de uma alimentação balanceada deve ser passada a ela já nos primeiros anos de vida. E isso cabe aos pais, avós e professores. 

   Amamentação 

   O primeiro contato que temos com o alimento é o leite materno. Este, contém todos os ingredientes que a criança precisa nos primeiros seis meses de vida: 

  • Água em quantidade suficiente – o bebê que apenas mama no seio, não precisa tomar mais nada – seja água, chá… – evitando, assim, possíveis crises de cólica; 
  • Contém proteínas, vitaminas e gordura em quantidades suficientes e adequadas à criança; 
  • Protege a criança contra infecções – como diarréia e pneumonia -, além de alergias; 
  • Possui anticorpos, leucócitos e outros fatores anti-infecciosos, que protegem contra a maioria das bactérias e vírus. 

   Mas não é só a criança que sai ganhando. A mulher que amamenta tem menos riscos de contrair câncer de mama e ovário, anemia por deficiência de ferro e fratura do quadril. 

   Desmame e Primeira infância 

   O desmame acontece, geralmente, a partir do 6º mês de vida. Ali iniciam uma a duas refeições, tipo “papinha”, em que teríamos um legume triturado e coado, caldo de carne, raspas de frutas como sobremesa e dois lanches intercalados entre as refeições. Frutas e água nos intervalos. Lembrando que todo esse processo deve ser acompanhado por um pediatra que vai avaliar não só a alimentação, como o desenvolvimento pondero-estatural e acompanhamento da saúde da criança.   A partir daí, devem ser introduzidos vegetais, frutas e carnes, mas um de cada vez, para evitarmos alergias. Tudo sem gordura e sal. 

   Quando a criança atingir os dois anos, pode começar a ter uma alimentação balanceada – as refeições devem conter uma boa dose de vitaminas e minerais – três a quatro copos de leite ou outra fonte de cálcio; no almoço e no jantar uma carne (vermelha, frango ou peixe), que fornece a quantidade ideal de proteína. 

   Balas, doces, refrigerantes e fast-foods 

   Esses deveriam ser alimentos restritos não só para as crianças, mas também para nós, adultos. Não há, sequer, uma quantidade saudável. Lactentes jamais devem comer; crianças que estiverem na primeira ou segunda infância, devem comer com muita moderação. 

   Claro que isso é um hábito que se inicia em casa. O ideal é que toda a família tenha hábitos saudáveis. 

   Outro problema que assombra médicos e nutricionistas são os lanches na escola.  Para esta refeição, a criança deve ingerir, preferencialmente, frutas e sanduíches saudáveis. 

   O que fazer e o que não fazer 

  Existem algumas recomendações básicas que devem ser seguidas pelos pais quando começarem a introduzir alimentos sólidos nas refeições de seus filhos: 

  • Evite consumo excessivo de sal, açúcar e condimentos; 
  • Ofereça sempre alimentos diversificados, controle a quantidade que será ingerida para que não ocorra excessos; 
  • Estimule o consumo de frutas, verduras e cereais; 
  • Faça pelo menos 5 refeições ao dia (desjejum, lanche, almoço, lanche da tarde, jantar) poderá ser acrescido de ceia; 
  • Evite o consumo de alimentos muito ricos em gorduras ou colesterol, reduzindo o consumo de frituras, carnes gordurosas, vísceras, banha; 
  • Introduza novos alimentos à rotina das crianças pouco a pouco, se algum alimento não agradar, não insista, mas tente outra vez em outra oportunidade explicando que usou nova preparação e importância de cada alimento; 
  • Sirva porções pequenas e fáceis de comer; 
  • É durante a infância que os hábitos alimentares são formados, é nesta fase que o ser humano inicia a autonomia para selecionar, que quer e recusar o que não quer. E isto deve ser respeitado. 
  • Não use alimento como castigo ou como recompensa para não confundi-los com os motivos reais da boa alimentação; 
  • Prepare as crianças antes de cada refeição para que estejam limpas e tranqüilas à mesa; 
  • O ambiente das refeições deve ser sempre cordial. Não aproveite este momento para aplicar sanções ou resolver problemas que causem atritos; 
  • Todas as crianças, independente da fase que estão passando, seja bebê, pré-escolar, escolar, adolescente, podem sofrer variantes em seu interesse por alimentos, sejam eles falta de apetite, gula, falsa intolerância, preferencias por determinados alimentos, etc.; 
  • Cada criança é um universo e como tal deve ser respeitada dentro de suas preferências e hábitos. O importante é mostrar que o alimento saudável deixa-a imune a doenças e revigora seu corpo para o desempenho de todas as atividades que ela quiser desempenhar. 

   Não se esqueça que os pequenos aprendem pelo exemplo, ou seja, a família deve seguir, pelo menos na frente da criança, os padrões ou conduta que quer que ela aprenda. 

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

Uma alimentação saudável começa na infância?QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

CÂNCER DE MAMA, VOCÊ ESTÁ PREPARADA PARA PREVENI-LO? SUAS ESCOLHAS ALIMENTARES PODEM AJUDAR.

A dieta no mundo moderno deveria ser formada por frutas, verduras, legumes e grãos dando origem a uma alimentação saudável e saborosa. Aliado a estas, alimentos como peixes, laticínios e carnes magras com moderação podem ser levados em consideração em uma dieta balanceada e individualizada. 

No entanto, as pessoas passaram a ingerir alimentos industrializados e ultraprocessados, pobres em vitaminas e sais minerais que poderiam agir na prevenção de inúmeras doenças.

Alguns alimentos podem contribuir para a saúde do seu corpo, auxiliando na prevenção do câncer de mama:

Brócolis

As crucíferas, como o brócolis, podem auxiliar no combate às células cancerígenas, seguido pela couve-flor e o repolho. O consumo ideal é de uma xícara por dia. Pode ser usado em saladas ou pratos quentes.

Cenoura

A cenoura, rica em betacaroteno tornou-se muito eficaz contra o câncer de mama, pois é um eficaz antioxidante, prevenindo a formação de radicais livres. A cenoura pode ser usada em sucos, em saladas cruas ou cozidas,  em pratos quentes ou em bolos e sobremesas.

Soja

A soja e seus derivados, como extrato de soja, tofu e outros, são ricos em fitoestrogênio, atuando como preventivo nas alterações hormonais comuns na menopausa, por exemplo. A soja pode ser utilizada torrada como petisco ou complementação de saladas, em pães, em lanches, em saladas ou pratos quentes complementando o teor proteico das dietas alimentares das mulheres adolescentes, adultas ou em climatério.

Cúrcuma

Temperos como pimentas e cúrcuma são ricos em polifenóis e antioxidantes que possuem ação antiinflamatória. Usadas para aromatizar e dar mais sabor a pratos elaborados com vegetais ou carnes, enriquecem a dieta e melhoram a qualidade de vida das mulheres.

Salmão

O salmão é um peixe rico em ômega-3. O ômega-3 é um conjunto de gorduras saudáveis que trazem inúmeros benefícios para o nosso organismo, auxiliando no sistema cardiovascular e imunológico. Pratos elaborados de forma saudável com salmão são sempre muito bem-vindos nas refeições de almoços e jantares ou mesmo em lanches.

Frutas Vermelhas

A amora, framboesa, morango e outros frutos vermelhos são ricos em antocianinas que inibem o crescimento das células anormais, além de ser ricas em fibras, vitamina C, e flavonóides. Preparadas cruas, em sucos, em caldas e em sobremesas dão mais cor e sabor a alimentação das mulheres em todas as fases da vida.

Romã

A romã é outra fruta rica em antioxidantes que pode atuar na prevenção de radicais livres. Pode ser usada em sucos, pratos salgados ou em sobremesas.

Uva

Os flavonóides, presentes na uva tem efeitos benéficos no organismo, no entanto, o suco de uva também o possui e está livre do álcool, sempre tão prejudicial a tantas doenças. A uva também pode ser usada na preparação de sobremesas deliciosas, combinadas com outras frutas ou chocolates.

RECEITINHA FUNCIONAL: Hambúrguer de Grão-de-bico com Cúrcuma

Ingredientes:

  • 4 xícaras de grão de bico;
  • 1 cebola média;
  • 1 xícara de farinha de aveia;
  • água;
  • azeite a gosto;
  • sal a gosto;
  • cúrcuma a gosto;
  • coentro a gosto;
  • cebolinha a gosto.

Modo de preparo:

Deixe o grão de bico de molho em água por 10 horas. Escorra e leve para cozinhar na panela de pressão com água por 30 minutos. Tire a pressão, escorra e transfira para uma panela com água gelada para retirar as cascas com mais facilidade. Em uma panela, refogue a cebola picada no azeite e deixe dourar. Acrescente o grão de bico e refogue rapidamente, tempere com sal e cúrcuma. Depois triture essa mistura com um mixer ou liquidificador. Tempere com os ingredientes restantes, incorpore a farinha de aveia e sove a massa de grão de bico até obter uma consistência mais sólida. Modele os hambúrgueres do tamanho desejado, coloque em uma assadeira untada com azeite e leve para dourar dos dois lados em forno médio pré-aquecido. Sirva com salada de folhas verdes. 

Fonte: Câncer de Mama, Receitas Saudáveis para Prevenção e Tratamento. STEFANI, Marlise Potrick. STEFANI, Giovanna Potrick. Edição Nutritécnica, 2018.

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

ADOÇANTES, COMO ADOÇAR A VIDA SEM O PREJUÍZO DAS CALORIAS

Há anos, busca-se o prazer inigualável do paladar doce, penetrando em nosso corpo através das papilas gustativas de nossa língua, migrando eletricamente para o nosso cérebro.

Mas, depois de todo este prazer por vezes ficamos com o remorso do excesso de calorias.

Ou mesmo pacientes diabéticos, que buscam igualar seu prazer em pratos apetitosos, livres do excesso de açúcar.

É aqui que a indústria alimentícia entra, oferecendo inúmeras opções de edulcorantes naturais e artificiais.

Qual é o melhor?

Seguem elencados, os adoçantes mais comumente usados:

ASPARTAME: descoberto em 1965, é obtido de dois aminoácidos naturais presentes em vários alimentos: a ácido aspártico e a fenilalanina.

Prós: talvez seja o adoçante mais apreciado pelo sabor bastante parecido com o açúcar. Não apresenta residual amargo.

Poder adoçante: 180 vezes maior do que o do açúcar

Contras: perde sua doçura quando submetido a altas temperaturas. Vários estudos apontam um poder residual no organismo.

Restrições: é contra indicado para os portadores de fenilcetonúria (incapacidade do organismo de metabolizar a fenilanina)

Dose máxima recomendada: 55 mg por quilo, ou cerca de 48 envelopes de 1g de adoçante

CICLAMATO: descoberto em 1940, a partir de um derivado do petróleo, o ácido ciclo hexano sulfâmico 

Prós: é um dos adoçantes mais barato do mercado e muito utilizado pela industria, principalmente de refrigerantes dietéticos

Poder adoçante: 30 vezes maior  o do açúcar

Contras: apresenta um sabor amargo, por isso geralmente é combinado a outro adoçante. Vários estudo apontam um poder residual no organismo.

Restrições: deve ser evitado por hipertensos porque costuma aparecer combinado com sódio

Dose máxima recomendada: 11miligramas por quilo de peso ao dia

STEVIOSIDEO: adoçante naturaldescoberto em 1905, extraído da stévia, uma planta originária da fronteira do Brasil com o Paraguai. È o único de origem vegetal. 

Prós: é totalmente atóxico e seguro no organismo 

Poder adoçante: 200 a 300 vezes maior  o do açúcar

Contras: apresenta um sabor residual amargo

Dose máxima recomendada: 5,5 mg

ACESSULFAME K: descoberto em 1967, o acessulfame foi aprovado para uso em bebidas, sobremesas, gomas de mascar e adoçantes de mesa

Prós: é um adoçante considerado totalmente seguro, suporta altas temperaturas e suas calorias são insignificantes

Poder adoçante: 200 vezes maior  o do açúcar

Dose máxima recomendada: 15 mg

SACARINA: é o adoçante artificial mais antigo que existe. Sua descoberta ocorreu em 1879. È extraída de um derivado do petróleo, o ácido sulfanoilbenzóico.

Prós: sua maior qualidade é o fato de ser estável a altas temperaturas, podendo ser utilizado em preparações quentes 

Poder adoçante: 300 vezes maior do que o açúcar da cana

Contras: em altas concentrações, tem gosto residual amargo e metálico. Vários estudos apontam um poder residual no organismo.

Dose máxima recomendada: 3,5 mg 

SUCRALOSE: adoçante sintético obtido a partir da cloração da sacarose, o açúcar. Foi aprovado em 1998

Prós: resiste bem a altas temperaturas, e não tem sabor amargo

Poder adoçante: 600 vezes superior ao do açúcar

Contras: ainda não foram apontados efeitos colaterais em estudos científicos sobre a sucralose.

SORBITOL E MANITOL: são obtidos pela redução da glicose. Não são considerados adoçantes artificiais, são usados em balas e gomas. 

Prós: não causam cáries e não aumentam os índices de glicose no sangue, podendo ser utilizados com moderação por diabéticos

Contras:são adoçantes relativamente calóricos, cada grama contém quatrocalorias

              Enfim, ficam aqui algumas dicas em relação ao uso de adoçantes; utilize o mínimo possível, aprenda a degustar o alimento pelo seu próprio sabor; evite o excesso de produtos diets, possibilitam que você ultrapasse a necessidade diária permitida de adoçantes; gestantes e crianças só devem usar adoçantes com orientação do médico ou nutricionista.

.

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Ah, a culinária gaúcha e seus encantos!!!

No Rio Grande do Sul, a colonização veio por todos os lados. Da Europa, recebemos italianos e alemães com o mesmo entusiasmo.

E você pode passear pela cidades gaúchas reconhecendo a cultura, a arquitetura e a gastronomia de diferentes formas. Mais para o interior a culinária alemã oferece desde o famoso Einsbein com chucrute até os maravilhosos embutidos artesanais. Mais na Serra você encontra a culinária italiana, com o famoso galeto com polenta. Mas no estado inteiro sim, você encontra o autêntico churrasco gaúcho!

Feito de cortes como picanha, vazio, maminha ou mesmo a costela, agradam a todos que conhecem esta maravilha. As carnes são espetadas e salgadas com sal grosso apenas, para depois passar por um cozimento lento e gradual, sendo virada constantemente para garantir a qualidade do assado feito diretamente no carvão.

E quando sobra, e sempre sobra, pois gaúcho gosta mesmo é de fartura, surge o famoso Arroz Carreteiro. Vai aí uma receitinha.

RECEITA DO FAMOSO CARRETEIRO

1 xícara de arroz branco 🍚 

2 xícaras de carne de churrasco picadinhas 🥩

1 cebola grande picada 

1 dente de alho picado 

1 tomate molho picadinho 🍅 

Tempero verde e sal a gosto🧂

Ah, 1 ovo cozido picadinho🥚

Refogar o alho, a cebola e a carne em pouco óleo. Acrescentar o tomate. 

Quando a carne estiver douradinha, colocar o arroz para refogar. 

Colocar água até cobrir o arroz em dois dedos. Deixar cozinhar, sem deixar secar. Finalizar ajustando o sal e colocando o tempero verde picadinho. 

Sirva com o ovo picadinho por cima.

Bom apetite, tchê!!!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Sucos ricos em vitamina C enriquecem suas refeições

   Como você já sabe, precisamos repor vitamina C, mas qual seria a quantidade ideal? Bem, um adulto normal necessita, em média, de 250mg a 500mg ao dia. Mas há certos momentos na vida que precisamos de um maior aporte, como quando precisamos repor as energias gastas por um exercício. Perístoma, os sucos são excelentes para enriquecer a sua refeição.

   Os campeões em vitamina C
   Agora que você sabe da importância da vitamina C, não deixe de incluir os alimentos ricos nesse nutriente nas suas refeições. Basta dar um pulinho na feira e vir com o carrinho carregado. Agora, preste atenção em alguns alimentos que contêm vitamina C, em 100 gramas do alimento: 

Acerola – 179mg 

Caju – 219mg 

Couve manteiga – 123mg 

Goiaba – 80mg 

Hortelã – 64mg 

Kiwi – 168mg 

Laranja – 40mg 

Limão – 30mg 

Manga rosa – 146mg 

Melão – 29mg 

Morango – 72mg 

Receitinha de Suco Rico em Vitamina C

Bata no liquidificador o suco de 3 laranjas, 2 morangos, 2 fatias de manga, limão e hortelã. Bata tudo com gelo, fica uma delicia!🍊🍓🍈

Você acha que a alimentação fit é só para marombeiros? Revise seus conceitos…

A cada dia novas modas surgem e o termo fit, diminutivo de fitness, ligado a uma vida esportiva e saudável chegou também a alimentação.

Quando se fala em fit, logo vem a mente frango com batata-doce, mas vamos ver que não é bem assim…

É cada vez mais comum vermos pessoas a procura de uma alimentação mais equilibrada, aliando a mudança de hábitos alimentares a prática de atividades físicas. 

Na gastronomia fit, considerada uma nova modalidade gastronômica, mas também entrelaçada aos conceitos da gastronomia saudável, busca-se uma alimentação saudável e adequada ao tipo de atividade física praticado.

Considerando que uma alimentação saudável é simplesmente uma escolha por alimentos saborosos, ingredientes de qualidade e nunca abrindo mão do sabor, é claro que ela combina muito bem com um estilo de vida saudável e desportivo.

Como benefícios de uma alimentação fit adequada podemos destacar:

Menos doenças 

Consumo de alimentos mais saudáveis

Manutenção do peso ideal

Melhora do humor

Melhor equilíbrio hormonal

Melhor disposição

Maior longevidade

Alguns alimentos  podem ser considerados parte de uma alimentação fitness: batata-doce, arroz integral, frango, ovo, verduras, legumes e alimentos com alta concentração de proteínas em geral, como carnes magras.

Como podem ver, são alimentos naturais e sempre, sempre, devemos evitar os industrializados por possuírem muitos aditivos químicos.

O cardápio deve ser equilibrado, com carboidratos, proteínas e alimentos reguladores ricos em fibras, vitaminas e sais minerais.

Assim, se você quer curvas bem delineadas, a escolha por um cardápio equilibrado é essencial para auxiliar no desempenho e recuperação muscular.

Seja qual for o seu esporte preferido, ou se você pratica musculação, pilates, ginástica ou treinamento funcional e está em busca de saúde ou de um corpo tonificado, lembre-se de que a alimentação é de extrema importância para atingir os seus objetivos.

NUTRI GOURMET 15 ANOS

A Nutri Gourmet nasceu quietinha há 15 anos, sob a asa da Nutritécnica Clínica e Consultoria. A ideia de ter um espaço cheio de delícias Diet/light surgiu ao perceber que os pacientes da clínica desejavam ter um espaço diferenciado para comprar alimentos que auxiliassem no emagrecimento. Naquela época a busca dos pacientes era basicamente pelo emagrecimento.

Com o passar dos anos, a Nutri Gourmet foi criando uma cara própria, direcionando seu caminho para uma linda indústria de alimentos congelados saudáveis e hoje conta com mais de 200 produtos, com linhas diferenciadas: Saudável, Fit, Comidinhas Gourmet, Bistrô, Marmitas, Sem Glúten e Sem Lactose.

Hoje, nosso restaurante criou suas próprias asas, ampliando mercado a cada dia. Utilizando tecnologia de ponta, garantimos a qualidade e a praticidade de cada um dos pratos, para públicos diferenciados. Os produtos podem ser encontrados na loja da Nutri Gourmet, que também se destaca pelo almoço balanceado. Sob a batuta da nutricionista Marlise Stefani e sua filha também nutricionista Giovanna Stefani, aliadas a uma equipe altamente treinada, o processo é analisado de ponta a ponta, resultando em produtos de qualidade ímpar.

Para comemorar nosso aniversário, quem ganha o presente é você! Todo o site com 15% de desconto, não dá pra perder né!!

Aproveite e também venha nos conhecer, provar as nossas delícias. A Nutri Gourmet fica na Rua Bento Gonçalves, 1465 – Centro de São Leopoldo.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén