No Rio Grande do Sul, a colonização veio por todos os lados. Da Europa, recebemos italianos e alemães com o mesmo entusiasmo.

E você pode passear pela cidades gaúchas reconhecendo a cultura, a arquitetura e a gastronomia de diferentes formas. Mais para o interior a culinária alemã oferece desde o famoso Einsbein com chucrute até os maravilhosos embutidos artesanais. Mais na Serra você encontra a culinária italiana, com o famoso galeto com polenta. Mas no estado inteiro sim, você encontra o autêntico churrasco gaúcho!

Feito de cortes como picanha, vazio, maminha ou mesmo a costela, agradam a todos que conhecem esta maravilha. As carnes são espetadas e salgadas com sal grosso apenas, para depois passar por um cozimento lento e gradual, sendo virada constantemente para garantir a qualidade do assado feito diretamente no carvão.

E quando sobra, e sempre sobra, pois gaúcho gosta mesmo é de fartura, surge o famoso Arroz Carreteiro. Vai aí uma receitinha.

RECEITA DO FAMOSO CARRETEIRO

1 xícara de arroz branco 🍚 

2 xícaras de carne de churrasco picadinhas 🥩

1 cebola grande picada 

1 dente de alho picado 

1 tomate molho picadinho 🍅 

Tempero verde e sal a gosto🧂

Ah, 1 ovo cozido picadinho🥚

Refogar o alho, a cebola e a carne em pouco óleo. Acrescentar o tomate. 

Quando a carne estiver douradinha, colocar o arroz para refogar. 

Colocar água até cobrir o arroz em dois dedos. Deixar cozinhar, sem deixar secar. Finalizar ajustando o sal e colocando o tempero verde picadinho. 

Sirva com o ovo picadinho por cima.

Bom apetite, tchê!!!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA